sexta-feira, 26 de julho de 2019

Resetando a senha e permissões do root em um MySQL dentro do docker


  1. Abra o container e instale o VIM como explicado em: https://www.ycaro.net/2018/12/como-instalar-o-vim-e-editar-um-arquivo.html
  2. Dentro do container, abra o arquivo my.cnf com o VI e insira abaixo do [mysqld] a linha com: skip-grant-tables;
    1. Insira o comando: vi my.cnf
    2. Vá até o final da linha [mysqld]
    3. De entender e insira o código: skip-grant-tables
    4. Click em ESC, :eq e de enter para sair e salvar o arquivo
  3. Reinicie o myslq
  4. Execute o comando:
    1. mysql -u root -p123456
    2. E os 3 comandos abaixo: 
UPDATE mysql.user SET Grant_priv = 'Y', Super_priv = 'Y' WHERE User = 'root';
FLUSH PRIVILEGES ;
GRANT ALL ON *.* TO 'root'@'localhost'
  1. Reinicie o mysql 


Referências:
https://stackoverflow.com/questions/1709078/how-can-i-restore-the-mysql-root-user-s-full-privileges

sábado, 13 de julho de 2019

Como instalar o wordpress no Docker utilizando banco existente

No código abaixo, atente para os seguintes parâmetros:

  1. docwp: nome do novo container do wordpress
  2. meumysql_default: nome do network que o MySQL está usando. 
  3. 81: porta que será usada para acessar o Wordpress.

docker run --name docwp --network meumysql_default -p 81:80 -d wordpress

Observação 1: Execute o comando abaixo para pegar o nome do network do banco MySQL:
docker network ls
Observação 2: execute o comando abaixo para pegar o IP do MySQL:
docker network inspect meumysql_default


domingo, 7 de julho de 2019

Como manter um servidor Node.js em execução permanente?

O forever do Node.js garante que um determinado script seja executado continuamente (ou seja, para sempre).

Bom para manter um servidor do node executando após reiniciar o computador. 


https://github.com/foreversd/forever


quarta-feira, 24 de abril de 2019

Conectar no banco de dados MySQL pela linguagem R

  • Instale o pacote:
install.packages("RMySQL")

  • Carregue o pacote na memória:
library("DBI")

  • Conectando no banco: 
mydb = dbConnect(MySQL(), user='usuário_do_banco', password='senha_do_banco', dbname='nome_do_banco', host='127.0.0.1')
    • Listando as tabelas
dbListTables(mydb)
    • Listando as colunas de uma tabela
dbListFields(mydb, 'nome_da_tabela')

  • Comando SELECT
query_sql = dbSendQuery(mydb, "SELECT * FROM nome_da_tabela;")
lista = fetch(query_sql, n=-1)
Obs.: para fazer um SELECT é preciso utilizar a combinação desses dois comandos.

  • Comando DELETE
dbSendQuery(mydb, 'DELETE FROM nome_da_tabela WHERE coluna_1 = 1;')



Referências:
https://www.r-bloggers.com/accessing-mysql-through-r/
https://programminghistorian.org/en/lessons/getting-started-with-mysql-using-r





quinta-feira, 28 de março de 2019

Como resolver o problema da versão do Android na publicação na Google Play

Erro acusado pelo Google Play:
No momento o nível desejado da API do seu app é 21. No entanto, esse nível precisa ser de pelo menos 26 para que o app use as APIs mais recentes, que contam com otimizações de segurança e desempenho. Altere o nível desejado da API do seu app para pelo menos 26.
Esse erro acontece porque a configuração "Target Android version" fica marcado como "Use Compile using SDK version" e por isso o Xamarin coloca automaticamente a configuração da versão mínima, que no caso da imagem abaixo é a Android 5.0 (API Level 21).

Para resolver é só marcar a configuração solicitada pela Google Play ou superior.

Precisa ficar igual a imagem acima

Essa configuração também pode ser feita diretamente no AndroidManifest.xml no parâmetro targetSdkVersion que atualmente é obrigatório a Api 26 ou superior: 
<uses-sdk android:minSdkVersion="21" android:targetSdkVersion="26" />